Mapa do site

Inicial | Informações > Eventos > Encontro com a Equipe do CELD

Encontro com a Equipe do CELD - 21/04/2013

Tema: Características de Um Planeta de Regeneração

Dia 21 de abril de 2013

Apresentação: Equipe do Centro Espírita Léon Denis: Paulo Nagae - Iole de Freitas - Hélio Washington

O CEMA convidou mais uma vez a equipe do CELD para apresentar um tema que tem trazido muitas indagações controvertidas: afinal, a Terra está passando para a fase de planeta de regeneração? Quando isso começou? Quando se completará esta transição?

Paulo Nagae abriu a exposição do tema abordando o cenário da psicosfera do Planeta Terra e a interferência dos Espíritos desencarnados sobre os encarnados, num somatório de vibrações ainda densas, que representam as imperfeições características dos habitantes de um mundo de provas e expiações.

Citando o capítulo III de O Evangelho Segundo o Espiritismo - Há muitas moradas na casa do Pai, Paulo Nagae lembrou que a mudança do mundo de provas e expiações não será de um dia para o outro, porém acontecerá de uma forma gradual, através da mudança moral de cada indivíduo. Espíritos melhores estão reencarnando na Terra para impulsionar esta mudança, ao mesmo tempo que Espíritos imperfeitos reencarnarão em outros planetas. Ele comparou esta transição a um copo de água suja que vai recebendo água limpa, até que toda a água suja seja substituída pela água limpa.

Em seguida, o expositor Hélio Washington analisou as condições necessárias para os habitantes dos mundos regeneradores, como nos ensinam os Espíritos superiores no cap. III do ESE - Há muitas moradas na casa do Pai, itens 16 a 18: são as almas que estão em processo de depuração, ainda sujeitas às leis que regem a matéria, mas livres das paixões desordenadas.

Em seguida, Iole de Freitas concluiu o estudo do tema apresentando a questão: O que falta (para esta transição acontecer)? Faltam os atributos que compõem a lei de amor - a ausência de egoísmo, orgulho, vaidade, isto é, a aplicação do ensinamento de Jesus de colocar-se no lugar do outro, a prática da caridade em sua plenitude.

Citando o capítulo XVIII de A Gênese - Sinal dos Tempos, a geração nova - Iole lembrou que os Espíritos que regressam não são sempre outros Espíritos, mas na maior parte das vezes os mesmos Espíritos, pensando e sentindo de outro modo. No segundo momento, foi aberto um espaço para perguntas dos encontristas sobre o tema apresentado.

Imagem anterior foto_01.jpg Próxima imagem